Dermatite atópica: tratamento adequado possibilita qualidade de vida

A dermatite atópica é um dos tipos mais comuns de alergia cutânea caracterizada por eczema atópico e apresenta pele seca, crostas e erupções que coçam. A doença é crônica, mas não é contagiosa. Surge, geralmente, nos primeiros anos de vida da criança, mas também afeta adultos.

Alguns fatores podem auxiliar no desenvolvimento da dermatite atópica como quadros de rinite alérgica ou asma, alergia a pólen, a mofo, a ácaros ou a animais; contato com materiais ásperos; exposição a irritantes ambientais, fragrâncias ou corantes adicionados a loções ou sabonetes, detergentes e produtos de limpeza em geral; roupas de lã e de tecido sintético; baixa umidade do ar, frio intenso, calor e transpiração; infecções e estresse emocional.

É possível tratar a dermatite atópica de forma que o paciente consiga ter uma boa qualidade de vida. Caso cuidados não sejam tomados, a doença pode provocar complicações na pele e na visão.

A base do tratamento devido à pele ressecada é o uso de hidratantes, podendo incluir sabonetes especiais, cremes e medicamentos orais. Outro fator importante é evitar o contato com alérgenos ambientais (poeira, pólen, sabonetes com perfume, produtos de limpeza doméstica, tabaco, entre outros). Banhos quentes não são recomendados, pois a água quente resseca ainda mais a pele.

A médica dermatologista pode orientar o tratamento mais adequado de acordo com cada paciente. 

**********************
Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – telefone e Whatsapp (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – Telefone (48) 3222-1798

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.