Quando suspeitar se uma mancha é câncer de pele?

O câncer de pele é o tumor mais frequente no Brasil e no mundo. Por conta disso, no Dia Nacional de Combate ao Câncer – 27 de novembro, cabe esclarecer um pouco mais sobre a doença que está associada especialmente à exposição solar.

O tumor é mais comum em pessoas com mais de 40 anos e é considerado raro em crianças e negros. Os principais sintomas são: manchas que coçam, descamativas ou que sangram, sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor, e feridas que não cicatrizam em quatro semanas.

É importante que ao perceber qualquer sintoma, uma dermatologista seja consultado para confirmar ou não a suspeita.

Como prevenir?

O câncer de pele está dividido em dois grupos: Carcinomas (representa 95% dos tumores malignos e tem alta chance de cura se detectado precocemente), e Melanona (menos frequente, porém mais agressivo e com origem nas células produtoras de melanina).

A principal recomendação para a prevenção da doença é evitar a exposição ao sol, principalmente nos horários em que os raios solares são mais intensos (entre 10 e 16h), bem como utilizar óculos de sol com proteção aos raios ultravioleta (UV), roupas que protegem o corpo, chapéus de abas largas, sombrinhas e guarda-sol.

O uso de filtro solar com fator de proteção solar (FPS) 30 ou mais é fundamental, inclusive em dias nublados.

Sobre o filtro solar, temos repetido isso diversas vezes, mas é bom lembrar: é necessário reaplicar o produto a cada duas horas durante a exposição solar, assim como após mergulho (no mar ou piscina) ou grande transpiração (geralmente durante a prática esportiva). Mesmo os filtros solares à prova d´água devem ser reaplicados.

A consulta regular com a dermatologista para avaliar as condições da pele também é indicada.

Em dezembro vamos falar mais sobre isso com informações relativas à campanha Dezembro Laranja, de prevenção ao câncer de pele. 

**********************
Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – telefone e Whatsapp (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – Telefone (48) 3222-1798

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.

Deixe uma resposta