Mais de 70 conferências movimentam segundo dia do 15º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 5º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência

O penúltimo dia do 15º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 5º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência, realizado nesta sexta-feira, 4 de outubro, foi movimentado por mais de 70 conferências, mesas redondas e oficinas de assuntos relacionados à Clínica Médica e Urgência e Emergência.

A mesa redonda O Doente Imaginário contou com a participação do secretário da Associação Italiana de Slow Medicine, Marco Bobbio, e da preceptora da liga acadêmica de Slow Medicine da Universidade Iguaçu, Tânia Lopes Brum. Eles reforçaram a importância do estreitamento da relação médico-paciente tanto para melhores resultados no atendimento como por questões econômicas. “Quando se solicita exames ou prescreve medicamentos sem necessidade estamos desperdiçando dinheiro. Uma pesquisa recente mostrou que os Estados Unidos, por exemplo, desperdiçam 34% em exames desnecessários. Precisamos de menos ansiedade na medicina. Precisamos ouvir mais nossos pacientes”, comentou o médico.

Outra participação internacional foi a do médico Kevan Michal Akrami, dos Estados Unidos, que falou sobre a febre de origem indeterminada. A programação do penúltimo dia do evento também incluiu temas como cuidados paliativos, doenças neurológicas, disfunções de tireóide, síndromes consuptivas e drogas imunobiológicas.

1ª Gincamed

Nove equipes formadas por estudantes de medicina de várias partes do Brasil iniciaram nesta sexta-feira a 1ª Gincamed. A disputa envolve quis com perguntas variadas sobre Clínica Médica e Urgência e Emergência e simulação prática. A gincana encerra no sábado e os vencedores ganham medalhas e inscrição para o 16º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 6º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência.

O evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica – Regional Santa Catarina (SBCM-SC) e co-realizado com a Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência de Santa Catarina (Abramurgem).

Deixe uma resposta