Confira os erros mais comuns para a pele na hora do banho de chuveiro

Há quem adore um banho demorado, com muita espuma, esponjas e tudo o que tem direito. Mas você sabia que para o bem da sua pele o banho correto é rápido, com pouca espuma e sem muita esfregação?

Confira alguns erros frequentes e que prejudicam a saúde da pele nos banhos de chuveiro:

– Tomar banho quente:a água quente provoca a perda da cobertura hidrolipídica, ressecamento, irritação, coceira. A água do banho deve ser morna, em torno de 37ºC.

– Ensaboar o corpo inteiro: sabonete tem ação detergente e remove o manto lipídico da pele. Deve-se passar sabonete apenas nas áreas em que há excesso de produção de sebo, suor ou mau odor, como face, axilas, mãos, pés, genitais e região perianal.

– Usar esponja, bucha ou similares: esses produtos removem as camadas mais superficiais e causam inflamação em função do atrito. 

– Tomar mais de um banho por dia: quanto menos esfregar o corpo, melhor para a pele. Mais de um banho, apenas se suar muito. E de preferência sem sabonete.

– Usar o mesmo sabonete no corpo e rosto: a pele do rosto demanda cuidados específicos e por isso não podem ser utilizados os mesmos produtos.

– Escolher um sabonete adequado: mais do que ter um odor agradável, é preciso que o sabonete tenha umpH adequado. O ideal são os neutros, cremosos e líquidos, cuja formulação tenha mais princípios hidratantes e menos desengordurante

E uma dica final: em média 10 minutos é o tempo máximo para ficar embaixo da água. Mais do que isso você vai tirar muito da oleosidade natural da pele e a gordura fundamental de lubrificação e proteção.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798