Protocolada ação que busca garantir direitos aos médicos que recebem sobreaviso da SES

O SIMESC protocolou no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Mandado de Segurança para que a Secretaria de Estado da Saúde cumpra a lei e acrescente ao cálculo das férias, 13° e licenças, a média das horas sobreaviso trabalhadas nos últimos 12 meses para os médicos concursados.

“Serão dois momentos processuais. Este primeiro, já encaminhado, busca a regularização do direito para o futuro. Na sequência, o Sindicato promoverá ação cobrando os valores não pagos nos últimos cinco anos”, explica o assessor jurídico do SIMESC, Ismael Carvalho.

Participam da ação 180 médicos filiados ao Sindicato. Movimentações no processo serão informadas aos médicos interessados assim que forem identificadas.

Acompanhe www.simesc.org.br ou faça contato pelo 0800 644 1060 em horário comercial e informe-se.