Peeling Químico: Procedimento atenua rugas, manchas e cicatrizes

A dermatologista Solange Emanuelle Volpato Steckert explica as principais dúvidas que chegam de pacientes sobre o Peeling Químico. Confira:

O que é Peeling Químico?

É um procedimento que promove uma esfoliação ou descamação celular. O procedimento auxilia na renovação da pele e pode ser aplicado em diversas áreas do corpo de acordo com a avaliação e indicação da dermatologista.

Quais são as indicações?

O Peeling Químico é usado para atenuar rugas, manchas e cicatrizes, e pode servir também para a diminuição das lesões pré-malignas como as queratoses actínicas, além de auxiliar no tratamento da acne.

Em quais partes do corpo pode ser aplicado?

O procedimento pode ser realizado no rosto e no corpo. A avaliação e indicação da dermatologista é muito importante.

Quais são as contraindicações?

Além de avaliação médica para saber se o paciente pode ter contato com a substância a ser utilizada, o Peeling Químico não deve ser realizado durante a gravidez, se existir alguma ferida aberta no local a ser tratado, se o paciente estiver sob estresse físico ou mental e se houver risco de exposição solar após o tratamento.

Qual o período do ano mais apropriado para realizar o procedimento?

Os meses mais frios, como no outono e inverno, são mais indicados para os tratamentos estéticos devido a menor exposição ao sol.

Quais produtos são utilizados?

Os produtos mais utilizados para o tratamento são fenol, ácido salicílico, solução de Jessner, ácido retinoico, solução de ácido glicólico e 5-FU (5-fluoruracil).

Como é feito o procedimento?

É realizado na clínica e dura em torno de 20 minutos. Não é necessáriasedação.

Quais os principais cuidados após o tratamento?

O principal cuidado é evitar a exposição solar e seguir as orientações da dermatologista de cuidados com a pele.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798