Região dos olhos também precisa de proteção solar

São inúmeros os benefícios de incorporar o protetor solar à rotina: o combate ao envelhecimento precoce, prevenção de manchas e queimaduras e, principalmente, a do câncer de pele. Só no Brasil, são mais 176 mil novos casos por ano, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia. A doença corresponde a pelo menos 33% dos diagnósticos de câncer no país.

Por isso a recomendação é que o protetor solar seja usado diariamente, não apenas na praia ou piscina, e independentemente do tempo. Ou seja, com ou sem sol! Todas as áreas expostas devem ser protegidas, inclusive as pálpebras, muitas vezes esquecidas.

Por ser extremamente sensível, a região dos olhos requer cuidados especiais. Como a pele é mais delicada, alguns produtos podem trazer irritações. A dermatologista Solange Emanuelle Volpato Steckert tem recomendações: “O protetor solar para pele sensível e que não arda os olhos, caso entre em contato, é um ótimo começo. E outro seria proteção física com o uso de óculos de sol, chapéus e bonés”.

A proteção da região dos olhos pode trazer ainda outros benefícios, como evitar rugas, bolsas e olheiras. Além do protetor, manter a região hidratada e usar produtos específicos como cremes antissinais também ajudam a manter a pele saudável e jovem por mais tempo.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798
CEMISC – (48) 3380 0833



Deixe uma resposta