Lombalgia: aquela dor que (quase) todo mundo já sentiu!

O nome pode até assustar, mas Lombalgia é uma dor tão comum que grande parte das pessoas já sentiu ou vai sentir ao longo da vida! Trata-se daquele desconforto passageiro na região lombar, parte baixa da coluna, que não é considerado uma doença, mas sim um conjunto de sintomas que atinge a região.

Em sua forma aguda, a Lombalgia pode ter duração de três a cinco semanas e costuma atingir pessoas mais jovens, normalmente como consequência daquilo que chamamos de “mau jeito” durante a realização de uma atividade. A Lombalgia crônica, por vez, pode durar bem mais tempo e ser resultado de um longo processo de maus hábitos posturais ou de alguma inflamação do nervo ou da coluna.

O diagnóstico pode ser feito por um médico Clínico com uma conversa com o paciente e um exame físico bem feito, sem a necessidade de exames de imagem. Isso porque a maior parte das pessoas que sofre com Lombalgia não apresenta qualquer alteração estrutural na coluna. Se restar alguma dúvida ao médico, o exame solicitado é uma radiografia.

Como a Lombalgia costuma ser causada pelo “mau uso” da coluna, a maneira de evitar é muito simples: basta ter atenção à postura em atividades rotineiras como trabalhar, assistir televisão e dormir, evitar esforços repetitivos, manter um peso saudável e praticar atividade física com orientação profissional! O tratamento pode ser feito com remédios para aliviar a dor e, é claro, com mudanças de hábitos. Em casos crônicos o médico pode indicar a fisioterapia como indicação para tratar esse problema. 

Deixe uma resposta