Título padrão

Um problema que atinge muitas mulheres no puerpério é a mastite, processo inflamatório e infeccioso da mama que ocorre principalmente durante a amamentação.

Os sintomas da mastite são dor na mama, pele vermelha associado a febre e calafrios. Um dos principais fatores que desencadeiam a inflamação é a pega incorreta do bebê, pois pode contribuir para que surjam fissuras no mamilo, sendo assim, porta de entrada para as bactérias.

Para prevenção é recomendado limpar a mama antes e após as mamadas com um pano com água. Se a mama estiver com muito leite e ele não estiver “descendo”, é preciso massagear o local e fazer uma ordenha. Se a produção do leite estiver acima da necessidade do seu bebê, esse leite pode ser congelado ou doado. Deve-se evitar o uso de mamadeiras ou chupetas, pois podem confundir a pega do bebê.

O tratamento da mastite deve ser orientado por um obstetra ou mastologista, que pode recomendar o uso de anti-inflamatório e antibióticos, dependendo de avaliação da paciente. Em casos mais graves, quando ocorre a formação de abscesso deve-se realizar tratamento cirúrgico.

Embora a amamentação muitas vezes não ocorra como o esperado, ela é muito importante para o sistema imunológico e emocional do bebê. Se você tiver dificuldades, procure ajuda especializada. 

Maria Luiza Nagel
CRM/SC 10513 – Ginecologia – RQE Nº: 6154 – Mastologia – RQE Nº: 8131

Clínica Otma 
Beira Mar Shopping
Rua Bocaiúva, 2302-2420 – Centro, Florianópolis – SC
Telefone: (48) 3025-4444

Viver Clínica Médica
Rua Ângelo La Porta, 64 – Centro, Florianópolis – SC
Telefone: (48) 3324-1100

Deixe uma resposta