8 de março: Dia Internacional da Mulher

Como forma de homenagear todas asmédicas pelo Dia Internacional da Mulher – 8 de março, a Federação Médica Brasileira (FMB) compartilha um pouco da história da cirurgiã mais antiga do mundo em atividade.

Alla Illyinichna Levushkina é proctologista e aos 91 anos realiza em torno de quatro cirurgias diárias no hospital Ryazan City, perto de Moscou, na Rússia.

 “Eu não tenho nenhuma vontade de me aposentar. Ser médica para mim não é uma profissão, é uma forma de vida”, afirmou a médica em entrevista ao jornal britânico The Mirror.

 Em 67 anos de profissão estima ter participado de 10 mil cirurgias. “Existem pessoas que salvei há muitos anos, quando ninguém mais queria fazer cirurgia nelas. Por causa disso eles continuaram a viver e hoje têm filhos e netos”, afirmou.

A rotina da idosa é regrada: chega no trabalho todos os dias às 8 da manhã e começa a fazer as cirurgias pouco antes das 11. Apesar do dia cansativo, diz que não vai se aposentar e garante não ter nenhum segredo para toda a longevidade. “Eu como de tudo, rio muito e choro muito”, brinca.

Fonte e foto: Diário do Brasil