5 de fevereiro – Dia do Mastologista e da Mamografia

No Dia do Mastologista e da Mamografia (5 de fevereiro), a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta que a mamografia ainda é a forma mais eficaz de reduzir a mortalidade por câncer de mama.

Em recente estudo, a entidade avaliou informações do Datasus e identificou que das mais de 10 milhões de mamografias esperadas pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), em mulheres na faixa etária dos 50 aos 60 anos, apenas 2,5 milhões foram feitas em 2013 – uma cobertura de 24,8%, índice muito abaixo da recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 7 milhões.

“Os dados mostram que precisamos aumentar o número de mamografias nesta faixa etária para garantir outras metas de tratamento. Temos capacidade instalada, pelo número de mamógrafos que o Sistema Público de Saúde (SUS) tem e o que cada um faz por dia, mas poderíamos atender muito mais”, afirma Antonio Luiz Frasson, presidente da SBM.

Neste cenário de alerta, no qual o país contabiliza quase 60 mil novos casos de câncer de mama a cada ano, a SBM ressalta a importância da conscientização sobre a rotina de prevenção à doença. Para isso, é recomendável a visita regular ao mastologista, médico especializado na saúde da mama, e, para as mulheres com 40 anos em diante, a realização da mamografia anualmente.

Fonte: Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM)

Deixe uma resposta