FMB participa de reunião do CNS com a presença do ministro da Saúde

O presidente da Federação Médica Brasileira (FMB), Casemiro dos Reis Junior, participou na quinta-feira 31/01, da reunião do Conselho Nacional de Saúde (CNS), em Brasília, que contou com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“Foi a primeira reunião ordinária da atual gestão do CNS. A presença do ministro Mandetta foi marcada por uma postura extremamente democrática. Ficou clara a sua intenção em trabalhar com o Conselho”, declarou Casemiro.

Fotos: Erasmo Salomão/MS

De acordo com o Presidente da FMB, Mandetta foi claro ao afirmar que sempre que o CNS o convencer das políticas aprovadas em reunião, elas serão implementadas. Lembrou que sua relação com o Conselho sempre foi muito próxima, desde a época em que foi secretário de Saúde de Campo Grande (MS).

Um dos assuntos mais debatidos no encontro foi sobre municipalização ou não da política indígena da Saúde. Representantes dos índios são formalmente contra. Alegam que a municipalização os deixaria vulneráveis aos interesses políticos locais. Para o ministro, a atenção aos índios deve ser discutida de maneira individualizada. Em alguns estados como Amazonas, Roraima e Mato Grosso, a condição dos indígenas dificilmente será municipalizada. Já aquelas comunidades que já estão integradas as cidades, deverão ter sua política revista.

Mandetta reforçou a importância do CNS em desenvolver um trabalho de maneira respeitosa, democrática e integrado à sua pasta. Colocou o corpo técnico do Ministério da Saúde (MS) à disposição e apresentou as principais diretrizes da pasta. Reforçou seu apoio e que está programada sua presença em agosto, na 16ª Conferência Nacional de Saúde, em Brasília.