Brasil registra aumento no número de cirurgias bariátricas

Segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, 2017 teve 5,6% a mais de cirurgias que em 2016

Com o crescimento da obesidade no Brasil é cada vez maior a busca por cirurgias bariátricas. Prova disso são os dados de uma pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) que mostra que foram realizadas 105.642 mil cirurgias em 2017 no país, ou seja, 5,6% a mais do que em 2016, quando 100 mil pessoas fizeram o procedimento no setor privado.

Ainda de acordo com o estudo, com dados do Sistema de Informações Hospitalares e Datasus, o número de cirurgias bariátricas realizadas entre os anos de 2012 e 2017 aumentou 46,7%.

Conhecida popularmente como cirurgia de redução de estômago, a Cirurgia da Obesidade, é o método mais eficiente para o tratamento da obesidade mórbida e do paciente que precisa perder o excesso de peso.

É importante ressaltar que o procedimento cirúrgico é indicado para pacientes que têm Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou maior que 40, e também aqueles com IMC entre 35 e 40, que desenvolveram doenças causadas pela obesidade, as chamadas comorbidades.

No Brasil são autorizadas a realização de três modalidades de cirurgia bariátrica e metabólica: a Bypass Gástrico, que é a técnica mais praticada no país, correspondendo a 75% das cirurgias realizadas devido à segurança e, principalmente, à eficácia; a Gastrectomia Vertical, conhecida como cirurgia de Sleeve ou Gastrectomia em Manga de Camisa, considerada um procedimento restritivo e metabólico; e a Duodenal Switch, que é uma associação entre a Gastrectomia Vertical e o desvio intestinal.

A perda mais significativa de peso após a cirurgia bariátrica é verificada nos seis primeiros meses, por isso a importância do paciente seguir com disciplina as recomendações médicas.

Já quem procura um procedimento menos invasivo, entre as modernas práticas disponíveis no mercado está o do Balão Intragástrico. O balão vai ocupar um espaço no estômago que antes era ocupado pela comida e isso fará com que a pessoa tenha aquela sensação de saciedade e satisfação, e acabe perdendo o peso. No entanto, antes e mesmo após a colocação, é preciso manter uma alimentação equilibrada e fazer consultas de acompanhamento. O tratamento só tem resultado se o paciente for acompanhado por uma equipe multidisciplinar competente.

**************************
Gastro Medical Center

Telefone: (48) 3030 2930
Whatsapp: (48) 98401 6249
E-mail: atendimento@gastromedicalcenter.com.br
Website: https://www.gastromedicalcenter.com.br

Diretor Técnico: Dr. Silvio Feiber Filho – CRM/SC 7843 – RQE 6243

Deixe uma resposta