Mostra Destaques do Ano é exibida as terças-feiras do mês de janeiro   

 

Nas terças-feiras do mês de janeiro, o Cineclube da Fundação Cultural Badesc exibe filmes que foram marcantes no ano de 2017. A Mostra Destaques do Ano é uma oportunidade para quem não assistiu as obras ou para quem quer para ter um segundo olhar sobre os filmes.

 

Quatro trabalhos foram selecionados e representam não apenas a década em que se encontravam, mas um olhar sobre seus precursores, a sociedade, e o que ainda estaria por vir. São eles Tabu, A Rua da Vergonha, O Ano do Dragão e Europa 51.

 

Tabu, de F. W. Murnau é uma obra prima pioneira, neo-realista, um marco na filmagem em locação, e um modelo propositivo para os avanços posteriores do cinema do pós guerra.

 

A Rua da Vergonha  é o projeto mais bem acabado da mise en scène econômica de Kenji Mizoguchi.  Se trata de uma visão social, engajada com real senso de responsabilidade e empatia para com as mulheres retratadas no filme.

Ano do Dragão era um projeto inicialmente comercial, transformado em epopéia sobre o sonho americano e por outro lado um olhar sobre a regeneração pela violência.

Europa 51 é a obra mais austera de Rossellini e após quase 70 anos o impasse mostrado no filme ainda é o atual.

As sessões iniciam às 19h e a entrada é gratuita.

 

Sinopses

 

Dia 9

Tabu

(Tabu: A story of the south seas) de F. W. Murnau. EUA. 1931. 86min. Drama. Sem classificação. Com Anne Chevalier, Matahi e Hitu.

O amor de um jovem casal é ameaçado quando o sacerdote declara a moça um ser sagrado, tornando o romance um tabu.

 

Dia 16

A rua da vergonha

(Akasen chitai) de Kenji Mizoguchi. Japão. 1956. 87min. Drama. Sem classificação. Com Machiko Kyo, Aiko Mimasu e Ayako Wakao.

A vida e luta cotidianas de prostitutas em um bordel em Tóquio.

 

Dia 23

O ano do Dragão

(Year of the Dragon) de Michael Cimino. EUA. 1985. 134min. Policial. Sem classificação. Com Mickey Rourke, Arianne e John Lone.

Policial veterano do Vietnã declara guerra de um homem só ao crime organizado em Chinatown.

 

Dia 30

Europa 51

De Roberto Rossellini. Itália. 1952. 118min. Drama. Sem classificação. Com Ingrid Bergman, Alexander Knox e Ettore Giannini.

Após suicídio de seu filho único, mulher burguesa decide dedicar sua vida à ajudar os menos afortunados, com consequências trágicas.

 

Serviço:
O que: Mostra Destaques do Ano
Quando: 9, 16, 23, 30 de janeiro, às 19h
Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – telefone: (48) 3224-8846
Entrada gratuita